Transforme sua Vida: As Poderosas Lições das Zonas Azuis para uma Longevidade Extraordinária

longevidade 3

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida de um brasileiro ao nascer é de 77 anos. Essa expectativa é maior para as mulheres, que vivem em média 80,5 anos, e menor para os homens, que vivem em média 73,6 anos.
Mas entre 2020 e 2023, mais de 37.000 brasileiros alcançaram seu centésimo aniversário!. Desse total, 27.200 eram mulheres e 10.600 eram homens.

Investigação das Zonas Azuis

Para responder a essa pergunta, unimos forças com a National Geographic para encontrar as pessoas mais longevas do mundo e estudá-las. Sabíamos que a maioria das respostas estava em seu estilo de vida e ambiente (o Estudo dos Gêmeos Dinamarqueses estabeleceu que apenas cerca de 20% de quanto tempo a pessoa média vive é determinado por genes). Trabalhamos com uma equipe de demógrafos para encontrar grupos de pessoas ao redor do mundo com a maior expectativa de vida ou com a maior proporção de pessoas que alcançam os 100 anos.

Cinco Regiões Selecionadas

  1. Região de Barbagia na Sardenha

    Montanhosa região interior da Sardenha com a maior concentração mundial de centenários do sexo masculino.

  2. Ilha de Ikaria, Grécia

    Ilha no mar Egeu com uma das menores taxas mundiais de mortalidade na meia-idade e as menores taxas de demência.

  3. Península de Nicoya, Costa Rica

    Com as menores taxas mundiais de mortalidade na meia-idade e a segunda maior concentração de centenários do sexo masculino.

  4. Adventistas do Sétimo Dia

    Maior concentração em Loma Linda, Califórnia. Eles vivem 10 anos a mais do que seus compatriotas norte-americanos.

  5. Okinawa, Japão

    As mulheres com mais de 70 anos são a população mais longeva do mundo.

Nove Hábitos das Zonas Azuis

  1. Movimente-se Naturalmente

    As pessoas mais longevas do mundo não fazem musculação, maratonas ou frequentam academias. Em vez disso, vivem em
    ambientes que as incentivam a se moverem naturalmente, cultivando jardins e realizando tarefas domésticas sem ajuda mecânica.

  2. Propósito

    Ter um senso de propósito, como os okinawanos chamam de "Ikigai" e os nicoyanos de "plan de vida," pode adicionar até sete anos à sua expectativa de vida.

  3. Desacelere

    Mesmo as pessoas das Zonas Azuis experimentam estresse. No entanto, elas têm rotinas para lidar com esse estresse, seja através da lembrança de seus ancestrais, da oração, de um cochilo ou de um happy hour.

  4. Regra dos 80%

    A mantra Okinawana, "Hara hachi bu," lembra que você deve parar de comer quando seu estômago estiver 80% cheio. A diferença de 20% pode fazer a diferença entre perder ou ganhar peso.

  5. Enfoque Vegetal

    Leguminosas, como fava, feijão preto, soja e lentilhas, são a base da maioria das dietas centenárias. A carne, principalmente o porco, é consumida em média apenas cinco vezes por mês.

  6. Vinho às 5

    Pessoas de todas as Zonas Azuis (exceto os adventistas) bebem álcool moderada e regularmente. Bebedores moderados vivem mais que não bebedores. Beba de 1 a 2 copos por dia, de preferência o vinho Cannonau da Sardenha, com amigos e/ou com comida.

  7. Pertença

    Quase todos os centenários entrevistados pertenciam a alguma comunidade religiosa. A denominação não parece importar. Frequentar serviços religiosos quatro vezes por mês pode adicionar de 4 a 14 anos à expectativa de vida.

  8. Família em Primeiro Lugar

    Centenários de sucesso nas Zonas Azuis priorizam suas famílias. Isso significa manter pais e avós idosos por perto ou em casa (o que reduz as taxas de doença e mortalidade de crianças em casa também). Comprometa-se com um parceiro de vida (o que pode adicionar até 3 anos à expectativa de vida) e invista em seus filhos com tempo e amor (eles serão mais propensos a cuidar de você quando chegar a hora).

  9. Tribo Certa

    As pessoas mais longevas do mundo escolheram – ou nasceram em – círculos sociais que apoiavam comportamentos saudáveis. Os okinawanos criaram os "moais" – grupos de cinco amigos que se comprometem uns com os outros para a vida toda. Pesquisas dos Estudos de Framingham mostram que fumar, obesidade, felicidade e até solidão são contagiosos. Portanto, as redes sociais das pessoas longevas moldaram favoravelmente seus comportamentos de saúde.

Conclusão

Ao desvendar as lições das Zonas Azuis, podemos encontrar um roteiro valioso para uma vida longa e saudável. As histórias e os hábitos das pessoas que vivem nessas regiões excepcionais nos mostram que a longevidade não é apenas uma questão de sorte genética, mas sim uma questão de escolhas de estilo de vida.

Através da pesquisa e do estudo das Zonas Azuis, aprendemos que movimentar-se naturalmente, encontrar um propósito de vida, aprender a desacelerar e controlar o tamanho das porções de comida são práticas essenciais para uma vida mais longa. Além disso, adotar uma dieta baseada em plantas, desfrutar do vinho com moderação, pertencer a uma comunidade, priorizar a família e escolher a tribo certa são todos fatores que contribuem para o bem-estar e a longevidade.

Embora nem todos possamos viver até os 100 anos, a maioria de nós tem a capacidade de envelhecer com saúde e desfrutar de uma vida plena e ativa. Ao seguir as lições das Zonas Azuis e incorporar esses hábitos em nossas vidas, podemos aumentar significativamente nossa expectativa de vida e melhorar nossa qualidade de vida ao longo dos anos.

Lembre-se de que a longevidade não é apenas sobre quantos anos vivemos, mas como vivemos esses anos. Ao adotar essas práticas, podemos não apenas adicionar anos à nossa vida, mas vida aos nossos anos. Portanto, comece hoje a trilhar o caminho das Zonas Azuis em direção a uma vida mais saudável, mais feliz e mais longa.

  • Travessia

Travessia

Por que algumas pessoas sentem vergonha ao adoecer e precisar de licença

Destaques

Leia mais...

INCB Instituto de Neurociências de Brasília CRM 3424-DF

Clínica Legalizada e Registrada

clinica de psiquiatria em brasilia df

RESPONSÁVEL TÉCNICO:
Dra. Fabíola Leão
CRM-DF 16715 | RQE 10665

Médicos Psiquiatras com RQE
Registro de Qualificação de Especialista

Medico psiquiatra Brasilia df RQE

CONTATO E LOCALIZAÇÃO

Central de Atendimento (61) 3548-8113
psiquiatra brasilia df - whatsapp 2022Asa Sul – Brasília/DF
Centro Médico Lúcio Costa
SGAS 610 Bloco 2, Salas 229, 230, 231
Salas 255 e T28
Acesso preferencial pela L3
Localização no Google Maps

As informações contidas neste website têm caráter meramente informativo e educacional e não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação. Em caso de dúvidas, consulte seu médico, porque somente ele está habilitado a fazer o diagnóstico e a prescrição terapêutica.
marketing para psiquiatra - psiq-med

INCB Instituto de Neurociências de Brasília CRM 3424-DF

Clínica Legalizada e Registrada

clinica de psiquiatria em brasilia df

RESPONSÁVEL TÉCNICO: Dra. Fabíola Leão CRM-DF 16715 | RQE 10665

Médicos Psiquiatras com RQE no CRM Registro de Qualificação de Especialista

Medico psiquiatra Brasilia df RQE

CONTATO E LOCALIZAÇÃO

Central de Atendimento (61) 3548-8113
psiquiatra brasilia df - whatsapp 2022SGAS 610, Bloco 2, Salas 229, 230, 231
Salas 255 e T28
Centro Médico Lúcio Costa
Asa Sul, Brasília/DF
Acesso preferencial pela L3
Como chegar:
Rotas Google Maps
Uber  
Waze

As informações contidas neste website têm caráter meramente informativo e educacional e não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação. Em caso de dúvidas, consulte seu médico, porque somente ele está habilitado a fazer o diagnóstico e a prescrição terapêutica.
marketing para psiquiatra - psiq-med